terça-feira, 18 de maio de 2010

Por quê?

Olá,
A alimentação de ontem foi bem até chegar às 18 horas.
Comi até duas laranjinhas do céu após o almoço.
É que copiei um cardápio lá do blog da Muriel para seguir.
Chegamos em casa às 18 horas, com fome ou com vontade de comer, sei lá. Eu e meu marido.
Ele resolveu fazer uma sopa. Eu belisquei um ou dois pães suecos com requeijão e orégano. (é um tipo de torradinha fininha e 10 fatias tem 200 calorias, duas então deve ter umas 40 calorias mais o requeijão).
Só que até a sopa ficar pronta, ele fez um sanduíche prá ele. Eu quis um prá mim tbem. Tomei tbem uma xícara de café com leite. Pronto. Só que daí ainda tinha q experimentar a sopa. Me servi só uma vez.

E não fui na academia pq estava chovendo muito naquela hora (quem quer arruma um jeito, quem não quer arruma uma desculpa, rsrsrs...)
E depois eu estava cansada. Ainda estou. Os últimos meses tem sido muito corridos. O final de semana tbem foi punk. Então, fui dormir mais cedo, aproveitando que o filhote tbem dormiu cedo.

Estou anotando a alimentação num diário e lembrei que no mês de maio do ano retrasado, quando eu estava em acompanhamento com a nutri, cheguei a pesar 53 Kg! Imagina, que sonho! Esse é o peso ideal prá mim. Só que não consegui manter, snif, snif.
Às vezes, dá vontade de procurar ajuda da nutri novamente. Para dar aquele empurrãozinho, prá ficar me cobrando, sabe? Prá me dizer que eu não poderia ter comido tal coisa, prá me orientar, prá puxar a orelha. Prá me dizer: então se vc não foi na academia, deveria ter se exercitado de outra forma, em casa. Por que não usou a esteira? Por que ainda comeu a sopa se já estava satisfeita com o sanduíche? Por que misturar pão sueco, sanduíche e sopa (em tudo tem carboidratos)?

Até mais.

2 comentários:

Letícia disse...

Oi Liana!
Vai ver você precisa mesmo voltar à nutricionista. Quem sabe não ajuda?
E de noite a gula me ataca geral tb. Fico beliscando tudo o que tiver pela frente e não paro depois que fiquei satisfeita. É difícil mesmo...
Beijos!

Jéssica Araújo disse...

ai amiga que susto! pensei que estava brava comigo!
Fica com Deus, mil beijinho